Blog

Micropigmentação: 4 dicas para ganhar a confiança do público

Procedimento semi definitivo pode deixar clientes em dúvida. Veja o que fazer para conquistar destaque no mercado.

Recentemente, as sobrancelhas conquistaram um enorme espaço no universo da beleza. Com desenhos mais grossos ganhando destaque entre modelos, atrizes e digital influencers, o ato de fazer as sobrancelhas deixou de envolver apenas pinças e cera quente. Foi aí que a micropigmentação se popularizou.

Desenvolvida na década de 80 para disfarçar os efeitos da calvície (que também atinge os pelos faciais), a micropigmentação caiu de vez no gosto das brasileiras. O procedimento estético preenche e modela as sobrancelhas de forma definitiva, bastante semelhante a uma tatuagem. Seu resultado dura em média de seis meses a um ano e é uma mão na roda na rotina diária de beleza.

Conquistando novas clientes

Como qualquer técnica invasiva, a micropigmentação inspira cuidados. Não é difícil encontrar relatos na internet de mulheres que passaram pelo procedimento e ficaram insatisfeitas com o resultado. Nesses casos, só mesmo esperando o tempo passar ou recorrendo ao laser para a remoção dos traços - o que pode ser bastante doloroso, demorado e caro.

Por conta de situações como essa, muitas clientes chegam ao estúdio desconfiadas. Algumas delas nem mesmo dão esse passo, tamanho o medo de algo sair diferente do imaginado. Se você tem reparado que está deixando de fazer atendimentos por conta desse sentimento de insegurança por parte das clientes, veja abaixo algumas dicas para reverter essa situação.

 

Micropigmentação: Checklist pré procedimento

  • Explique os riscos que o procedimento envolve

A melhor forma de ganhar a confiança de alguém é sendo totalmente sincero. Explique de forma detalhada tudo aquilo que pode vir a acontecer depois que a micropigmentação for realizada. Mencione, por exemplo, que com o passar do tempo, a cor aplicada na sobrancelha vai se tornando menos intensa. Assim, você evita que a cliente ache que houve falha na aplicação.

Falando em tinta, deixe claro que podem surgir reações alérgicas ao pigmento utilizado - assim como acontece na tatuagem convencional - e que isso não está relacionado à qualidade da tinta utilizada. É um risco inerente ao procedimento, mas a cliente precisa estar ciente e de acordo.

  • Cuide da sua imagem profissional

Invista em um portfólio, onde você poderá mostrar os trabalhos que você já realizou, cursos que participou, certificações que obteve, etc. O Instagram é um excelente canal para expor essas informações e para manter contato com suas clientes.Se optar por usá-lo, crie um perfil exclusivo para uso profissional.

Na hora de precificar seu serviço, evite oferecer promoções muito abaixo do valor do mercado, ainda que você esteja começando ou sem muitos agendamentos no momento. Lembre-se que apenas profissionais qualificados são aptos a realizar a micropigmentação e esse investimento em conhecimento naturalmente influencia o valor do serviço. Seu público sabe disso.

Esteja sempre atenta à sua apresentação pessoal. Um visual organizado e clean é fácil de conseguir e passa uma ótima impressão. Quando estiver atendendo, nunca se esqueça de vestir luvas descartáveis e óculos apropriados.

  • Confira os materiais utilizados

Qualquer técnica que envolve agulhas merece atenção redobrada. Por meio delas, é possível contrair uma série de doenças graves. Além disso, qualquer ambiente onde materiais são compartilhados pode ser fonte de transmissão de micoses e infecções. No caso específico da micropigmentação, há relatos de surgimento de quelóides e cicatrizes no local da aplicação. Essa é uma das principais preocupações das clientes em potencial.

Portanto, certifique-se que o local onde você atende é iluminado e higienizado, com lixeiras específicas para cada tipo de dejeto. Os materiais descartáveis devem ser abertos na presença da cliente. Todos os outros devem ser esterilizados. As tintas não devem ser reaproveitadas de uma cliente para outra, sendo depositadas em recipientes individuais e depois descartadas.

  • Invista em equipamentos de qualidade

A segunda coisa mais importante - além da sua habilidade - é o equipamento que você utilizará. Acredite: um bom instrumento de trabalho faz toda a diferença no resultado final. Atualmente, o posto de aparelho mais sofisticado é ocupado pelos dermógrafos. Ele atinge uma camada mais superficial da pele e garante um resultado bem mais natural: o objetivo de 10 entre 10 clientes que procuram o serviço.

Um bom dermógrafo é aquele ao qual você se adapta melhor. Na hora de comprar, opte por uma loja com grande autoridade no mercado, como a Via Beleza. Além de disponibilizar dermógrafos de variados tipos e preços em seu estoque, a loja também mantém um blog onde você pode tirar todas as suas  dúvidas.


Fonte: Via Beleza

 


Alguma dúvida?
Preencha abaixo todos os campos
que responderemos o mais breve possível.
Abrir Mapa