Blog

Instituto oferece reconstituição da aréola mamária em Santa Cruz

Projeto refaz o desenho com micropigmentação 3D para pacientes que passaram pelo câncer de mama

Um projeto desenvolvido em Santa Cruz do Sul busca devolver a autoestima às mulheres que enfrentaram o câncer de mama. O AME é uma iniciativa do Instituto Melissa Mattos, que se instalou no município há cerca de um ano. O procedimento, totalmente gratuito, reconstitui o desenho da aréola mamária, para pacientes que passaram pela mastectomia parcial ou total.

Conforme a proprietária do instituto e idealizadora do projeto, Karen Melissa Mattos Baptista, a ideia surgiu quando a empresa ficava em Tramandaí. No município do Litoral Norte gaúcho, cerca de dez mulheres passaram pelo procedimento. Para um desenho mais real, é aplicada a micropigmentação tridimensional.

 

Karen Melissa Mattos Baptista é esteticista e idealizadora do projeto

 

Um projeto desenvolvido em Santa Cruz do Sul busca devolver a autoestima às mulheres que enfrentaram o câncer de mama. O AME é uma iniciativa do Instituto Melissa Mattos, que se instalou no município há cerca de um ano. O procedimento, totalmente gratuito, reconstitui o desenho da aréola mamária, para pacientes que passaram pela mastectomia parcial ou total.

Conforme a proprietária do instituto e idealizadora do projeto, Karen Melissa Mattos Baptista, a ideia surgiu quando a empresa ficava em Tramandaí. No município do Litoral Norte gaúcho, cerca de dez mulheres passaram pelo procedimento. Para um desenho mais real, é aplicada a micropigmentação tridimensional.

“Quando uma paciente passa pelo procedimento de mastectomia total ou parcial, mesmo que seja colocada prótese, a mama fica sem cor, apenas com a pigmentação da cor da pele da pessoa. Através do processo de micropigmentação 3D, é possível simular a estrutura da aréola, de forma muito natural”, explica a esteticista.

O objetivo é proporcionar o aumento da autoestima para as pacientes. “A paciente já passa por um trauma bem grande com a doença e esta é uma parte que mexe bastante com elas, porque está ligado não somente à sexualidade, mas também com a maternidade.” A divulgação, pelas redes sociais, já fez com que duas pacientes procurassem o instituto em Santa Cruz.

Inicialmente, serão feitos dez procedimentos por mês. É necessário que a paciente tenha alta médica e autorização para passar pelo procedimento. As interessadas podem entrar em contato com o instituto, pela página no Facebook ou pelo telefone 51 3902-0816. Após uma avaliação, é marcado o procedimento. A empresa fica na Rua Tenente Coronel Brito, número 949, no Centro de Santa Cruz.

 


Fonte: NAIARA BEATRIZ SILVEIRA E KAROLAINE PEREIRA - gaz.com.br


Alguma dúvida?
Preencha abaixo todos os campos
que responderemos o mais breve possível.
Abrir Mapa