Blog

Inverno é a melhor época do ano para tratamentos estéticos

O inverno é a melhor época do ano para tratamentos de pele não invasivos, como depilação a laser, peelings faciais e microagulhamento.

O inverno é, sem dúvida, a pior época do ano para a pele: as duras condições climáticas e as mudanças bruscas de temperatura fazem com que a pele perca o viço e sua hidratação natural. Mas nem só de malefícios é feita a estação mais fria. O inverno é a melhor época do ano para tratamentos de pele não invasivos, como depilação a laser, peelings faciais e microagulhamento, já que a falta de exposição ao sol facilita o tempo de cura. Conversamos com alguns especialistas para descobrir quais são os procedimentos estéticos mais indicados para o inverno.

 

Reprodução

Depilação a laser

É aconselhável evitar o sol antes e depois de uma sessão de depilação a laser, fazendo do inverno o melhor momento para se preparar para o próximo verão. A tecnologia da depilação a laser é baseada, principalmente, no tom da pele, e quanto menos melanina a pessoa tiver, melhores serão os resultados. No entanto, isso não quer dizer que o tratamento não funcione em tons de pele naturalmente mais escuros. Embora a depilação a laser seja adequada para todos os tipos de pele, a eficácia do tratamento depende de vários fatores, como o tom e a textura do pelo, além da área a ser tratada.

Peeling facial

Os tratamentos facias são excelentes para reavivar a pele e o peeling facial – também conhecido como peeling químico – é a opção perfeita para os meses mais frios. Esse tratamento ajuda a diminuir a aparência de sardas, manchas, manchas de idade, cicatrizes leves e inúmeras outras irregularidades na pele do rosto. Também podem melhorar a aparência de marcas de expressão e rugas, além de dar nova vida à pele danificada pelo sol.

Dependendo do resultado desejado, existem várias profundidades de peeling e cada uma trabalha em níveis distintos da pele. Após o tratamento, a pele ficará mais sensível ao sol e, mesmo no inverno, é essencial usar um filtro solar de alto fator (30 ou acima) que bloqueie contra os raios UVA / UVB. O resultado será uma pele mais mais suave, que irá melhorar gradualmente à medida que novas células se formem.

Microagulhamento

O microagulhamento é excelente para as mulheres que sentem os efeitos das baixas temperaturas e da falta de vitamina D (obtida através da luz solar), bem como para aquelas com marcas de expressão e rugas. O procedimento se baseia na capacidade de regeneração da própria pele, causando pequenas perfurações que estimulam o corpo a produzir mais colágeno que, por sua vez, dá à pele uma aparência de preenchimento e mais brilho. O procedimento também pode ser usado para tratar manchas, cicatrizes, estrias e até celulite. O tempo de inatividade é mínimo e a vermelhidão pode ser disfarçada com maquiagem mineral.

Tratamentos de pele a laser

Os tratamentos a laser funcionam direcionando um feixe de luz na área de interesse e são mais eficazes em tons de pele mais claros. O tratamento elimina pequenos defeitos sem causar cicatrizes ou danos, resultando em melhora da textura da pele e redução dos sinais de envelhecimento.

Como a sensibilidade da pele aumentará consideravelmente, a exposição ao sol deve ser minimizada, justamente para evitar o que o tratamento está combatendo, ou seja, sardas, rosácea ou hiperpigmentação relacionada ao sol. Os avanços de hoje na tecnologia a laser acompanham o estilo de vida ocupado de muitas pessoas e fazem efeito em menos tempo.

 

 


Fonte: oimparcial.com.br


Alguma dúvida?
Preencha abaixo todos os campos
que responderemos o mais breve possível.
Abrir Mapa